sexta-feira, 18 de outubro de 2013

"Água Furtada" num passado distante

No final dos anos 70 comecei a tomar gosto pela noite e sempre passava pelo "setor". Para quem não conheceu ou não era de Campinas, o setor era o lugar onde a vida acontecia em tradicionais bares, entre eles. City Bar, Paulistinha, Candeeiro, Bacamarte, Natural, Caicó, Adega dos Arcos, Contra Mão, Água Furtada. O City Bar é o único que ainda resiste ao tempo. Eu ainda um menino, nessa época, não tinha grana para frequentar esses lugares. O Água Furtada era onde havia as mulheres mais bonitas da cidade e eu ficava ali em uma das janela só olhando o movimento e apreciando as pernas das belas mulheres. 40 anos se passaram e esse prédio onde funcionava o bar, aliás um belo prédio, está abandonado. Fiz essa foto porque acredito que logo logo ele vai desaparecer e dar lugar a algum edifício, além de matar a saudades de um tempo que não volta mais. Compartilho aqui com vocês a foto de um dos lugares mais badalados de Campinas. Eita tempo bom!!! 

4 comentários:

  1. Samacê indo para Valinhos
    Quéops disco club
    Clube de esquina 2
    Starship
    Arraial
    Bar da lingüiça
    Camões na regente Feijó
    Álcool Íris
    Golden Nuggets
    Almanaque
    Daltony
    Bacamarte
    Natural
    Filé e Cia
    Adega dos arcos
    Caicó
    Caiobá
    Candeeiro
    Fábrica de areia
    City bar
    Boate Chega Mais na Norte Sul em 1978
    Adega dos Arcos (casa colonial) em 1978 onde é hoje um prédio do lado do Fran’s café na feira de artesanato no cambuí
    Armorial faliu em 77
    Hotel Holliday Inn
    Restaurante Bahamas
    Paulistinha
    Cenário
    Maria fumaz
    Ponto chic
    Água furtada na Gal Osório com Antonio cesarino
    Armazém (do Norton)era um castelinho
    Flor de lis
    Mais um bar
    Terra bar
    Espaço contra mão
    Ilustrada
    Nosso cantinho do lado do Cultura
    Mamão e cia
    Cidade Lírios
    Cangaceiro virou na década de 90 Fly
    Clube de arte e ofício
    Espaço Contra mão
    Maitai
    Apô
    Stratosphera
    Bar do Meio

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, esta faltando o Bar 81, era no Cambuí, bar de esquina, muito movimentado, inaugurado em 1981, dai o nome.

    ResponderExcluir
  3. Forno Quente, era um espaço ao lado do clube Cultura Artística que fazia um pastel de forno Maravilhoso, pra mim melhor do que os do Voga. Alguém se lembra do brigadeiro do Términus na Av. Fco. Glicério??? Um arraso não é mesmo?? E os paezinhos da padaria União, na rua Luzitana com a Ferreira Penteado? Pra mim o melhor que já comi na vida

    ResponderExcluir
  4. Boa madrugada a todos, lembrei mais um bar que ficava na Av. Moraes Sales na quadra após o Armazém, se chamava Barbante, alguém lembra? Bem defronte ao Posto Camper, bandeira sempre da Shell, creio que o imóvel nem existe mais, deu lugar a modernidade, fazer o quê?

    ResponderExcluir