quarta-feira, 18 de junho de 2014

Ponto Chic (véspera do fechamento 25/04/1991)

















Mosca Branca!!!

Essas fotos que estou postando hoje são pra matar do coração toda a velha-guarda de boêmios e apreciadores de buteco, da cidade de Campinas. Durante muitos anos o Ponto Chic, carinhosamente chamado de (PC), foi reduto da nata da boemia: jornalistas, advogados, médicos, policiais, políticos, prostitutas, traficantes. Os mais abusados diziam que até padres frenquentavam o buteco. Nesta época eu ainda era menino e trabalhava ao lado dessa lenda dos butecos, que ficava na rua Sacramento. Meu horário de entrada era às 8h. Todas as manhãs eu tomava cafezinho no Café Regina e me dirigia ao trabalho. Era muito comum chegar em frente ao Ponto Chic e ver os "bebuns" ainda filosofando, discursando e tentando mudar o mundo sempre com uma "céva" gelada acompanhada de uma branquinha ou de um conhaque para quebrar o gelo. A cidade cresceu e o velho PC não teve pernas para caminhar junto. Alguns anos depois, no dia 25 de abril de 1991, já trabalhando no jornal Diário do Povo, fui acompanhar o último dia do lendário Ponto Chic que fecharia suas portas, definitivamente, no dia seguinte. Na verdade, acho que foi a única vez que ele fechou. O bar ficava 24 horas no ar e muita gente dizia que ficava aberto 25 horas por dia. O tempo passou e rápido e essas fotos daquela tarde de abril entraram para a história de Campinas assim como os funcionários e alguns dos fiéis clientes que estavam no bar no seu último e derradeiro dia. Se a boemia estiver de olhos vermelhos vendo-as e se alguém perceber o vermelhão no olho,  se afaste e chore à vontade. 

Um comentário:

  1. eu me lembro,eu era bem novo e sempre ouvia os adultos falarem dele!era onde hoje está o camp chopp?

    ResponderExcluir